Jump to content

CBA Regulamenta Trackday


Recommended Posts

Concordo com o amigo, Esteba. Os carros são mais rápidos que muitos de corrida, não tem proteção necessária e ninguém é piloto. A chance de dar um problema sério é grande, os riscos precisam ser minimizados mesmo.

Esses dias eu tava num briefing e ouvi a seguinte frase:

"Só existem dois tipos de carro que chegam a 300km/h na reta dos boxes de Interlagos: os de F1 e os de trackday".

Na hora eu achei que fosse uma piada, mas não é. Realmente em SP tem uma meia dúzia de carros chegando na casa dos XXXXhp que realmente beliscam os 300 na reta (as motos 1000 bem tocadas tb fazem isso).

Algo precisa ser feito? Talvez.

Infelizmente a CBA está apenas fazendo o seu papel de sempre. Cartolas tentam roubar o máximo possível antes de sumir do mapa, sem preocupação alguma com o fomento ao esporte já que carro é um assunto apaixonante e sempre aparecem os entusiastas loucos pra derramar dinheiro na mão da corja.

Cobrar pedágio de piloto e matar o mercado de slicks usados ao mesmo tempo em que cria um enorme mercado para a empresa do presidente da CBA é, pra variar, uma piada.

Qdo eu tiver filhos, nenhum vai ter carrinho. Só bola, prancha, camisa de time de futebol... Gostar de carro aqui é ser otário!!!

Ass: um grande otário.

Dá um belo adesivo, hein...

Link to post
Share on other sites
  • Replies 205
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • Faustini

    13

  • AC1982

    12

  • G u s t a v o

    11

  • esteba

    11

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Atenção senhores membros do fórum: convido a todos na próxima terça feira dia 21/10 para a missa de 7º dia do Track Day,com igreja ainda a definir. R.I.P.

Que coisa... Ja era pesado participar da arrancada RJ pagando filiação a FAERJ...mas pelo menos aqui, eles parcelavam a filiação, e tempos depois ficaram do lado do oktane para a realização dos tra

Esses dias eu tava num briefing e ouvi a seguinte frase: "Só existem dois tipos de carro que chegam a 300km/h na reta dos boxes de Interlagos: os de F1 e os de trackday". Na hora eu achei que fo

Moonstrike

Na verdade o que tinha que fazer é boicotar essa merda. NINGUÉM pagar por essa ideia idiota e deixar trackday vazio pros caras notarem que foi um tiro no pé e voltar atrás.

Trackday é justamente para "pilotos" amadores trazerem seu carro de rua e andar numa pista com infraestrutura adequada. Já tem briefing e orientações. O que mais irrita é com base no que eles impõem algo assim? Teve gente morrendo no trackday? Tá comum darem PT em trackday agora? Faz uma era que não vejo problemas em um evento desses, o que deixa sem justificativa alguma.

Esquema é correr nas fazendas mesmo como eu fazia antigamente. Estora a homocinética, suspensão, mas foda-se pelo menos o dinheiro não vai pra bolso de oportunista.

Link to post
Share on other sites
futuro tuner

Na verdade o que tinha que fazer é boicotar essa merda. NINGUÉM pagar por essa ideia idiota e deixar trackday vazio pros caras notarem que foi um tiro no pé e voltar atrás.

Trackday é justamente para "pilotos" amadores trazerem seu carro de rua e andar numa pista com infraestrutura adequada. Já tem briefing e orientações. O que mais irrita é com base no que eles impõem algo assim? Teve gente morrendo no trackday? Tá comum darem PT em trackday agora? Faz uma era que não vejo problemas em um evento desses, o que deixa sem justificativa alguma.

Esquema é correr nas fazendas mesmo como eu fazia antigamente. Estora a homocinética, suspensão, mas foda-se pelo menos o dinheiro não vai pra bolso de oportunista.

hahaha! tenho um bom pedaço de chão em Morretes (1h de Curitiba) que daria pra fazer uma pista de terra...alguem afim de fazer um grupo de investimento e fazer um terródromo?

Edited by futuro tuner
Link to post
Share on other sites

Na verdade o que tinha que fazer é boicotar essa merda. NINGUÉM pagar por essa ideia idiota e deixar trackday vazio pros caras notarem que foi um tiro no pé e voltar atrás.

Trackday é justamente para "pilotos" amadores trazerem seu carro de rua e andar numa pista com infraestrutura adequada. Já tem briefing e orientações. O que mais irrita é com base no que eles impõem algo assim? Teve gente morrendo no trackday? Tá comum darem PT em trackday agora? Faz uma era que não vejo problemas em um evento desses, o que deixa sem justificativa alguma.

Esquema é correr nas fazendas mesmo como eu fazia antigamente. Estora a homocinética, suspensão, mas foda-se pelo menos o dinheiro não vai pra bolso de oportunista.

Cara, acredito que seja uma decisão que dificilmente tem volta. Eles já não ganhavam dinheiro nenhum com track day, agora tem a possibilidade de passar a ganhar.

Se mantiver a norma que eles inventaram, no ruim, no ruim entra uma grana por fora e o dono da revendedora de slicks já vai vender muito mais do que jamais vendeu.

Pra eles, só tem benefício...

Pra gente que só tem ônus.

Link to post
Share on other sites

Não se enganem: boicotando só vão foder os organizadores, que não tem nada a ver com a CBA (por exemplo, oktane).

Link to post
Share on other sites
scerelhos

Como os amigos citaram, seria lindo se todo mundo parasse de andar em tracks como reinvidicação, mas sabemos que isso não vai acontecer, assim como já vimos no passado o autodromo de jacarepagua fechar por interesses privados, o mesmo vai acontecer com os tracks, eu não acredito que eles irão acabar, porem agora somente pessoas com alto poder aquisitivo vão conseguir atender a estas exigencias, e para nós, "pobres mortais" restou se aventurar na rua. A realidade é uma só, aquele cara que se mata pra entrar no unico trackday da sua vida com seu kadett, golzinho, um focus original não vai andar nunca, e o cara que entra de porsche, ferrari, vai andar sorrindo com o novo esporte que só rico pode participar.

Eu fico duplamente decepcionado, particularmente amo o autodromo de interlagos, amo trackday, vendi o unico carro de passeio que tinha visando montar um carro para track, há 1 ano injeto todo pouco dinheiro que tenho no carro, recentemente comprei slicks zero, comprei macacão, engaiolei o carro, tudo com muito suor pra conseguir me aventurar no track com seguranca, mas vejo que ainda assim é impossivel, como alguns amigos disseram, PARTIU CORRER NA RUA MESMO, E TACA-SE O FODASSE.

Como disseram alguns colegas, quem aproveitei, aproveitou, quem não aproveitou, não aproveita mais, que fique na lembrança agora dos tempos de 2007 quando até carro de aluguel eram "permitidos".. kkkkkkkkkkkk (quem viveu viveu)

Nesse pais o que vira é ser pobre vagabundo, gostar de futebol, carnaval, bola e PT.

Agora partiu receber mais algumas destas que recebi hoje..rsrs

2014-10-16%2010.51.22_zpsuuebxmn4.jpg

Edited by scerelhos
Link to post
Share on other sites

Recebi um texto da Crazy for Auto

Vou colar aqui

Em que pese sempre serem bem-vindas quaisquer medidas para se aumentar a segurança em eventos envolvendo automóveis, a recente tentativa de regulação e de cobrança de taxas extras dos eventos do tipo Track Day pela atual gestão da Confederação Brasileira de Automobilismo, no entendimento não somente da Crazy for Auto, bem como de diversos outros organizadores e advogados consultados, carece de fundamentação legal, é inócua e tem escopo exclusivamente financeiro, senão vejamos:

A atual gestão da CBA, propôs recentemente, dentre outras coisas, que todos os participantes de Track Day sejam obrigados a se afiliar a ela, consequentemente, pagar uma taxa anual à CBA em troca da cédula de piloto de Track Day para que possam participar dos eventos de Track Day. Todavia, além da Constituição Federal de 1998 proibir a obrigatoriedade de afiliação, sequer o próprio Código Desportivo de Automobilismo, o CDA, conhecida como a bíblia do automobilismo nacional, dispõe deste tipo de cédula de piloto, ou seja, para isso acontecer faz-se primeiramente necessário a criação de uma nova cédula desportiva, em que pesem esses eventos não terem cunho desportivo e não constituírem de campeonatos.

Outra determinação sem fudamento, é que os Track Days sejam obrigados a contratar um diretor de Prova, um comissário técnico e um comissário desportivo indicado pelas FAUs (Federações Estaduais) o que acarretará em um aumento de custos excessivo com a desculpa de que os comissários são necessários para vistoriar e aplicar o Regulamento Técnico e Desportivo que sequer existe, ou seja, primeiro faz-se necessário criação e publicação de regulamentos técnicos e desportivos próprios para depois poder fiscalizar, mas a natureza dos Track Days não se revestem de competição desportiva.

Entretanto, não existe qualquer Regulamento Técnico ou Desportivo para esse tipo de evento. Não há campeonato de Track Day no Brasil. Todos os Track Days são eventos singulares, recreativos e particulares, cada qual dispõe de suas próprias regras, ressaltamos que esses eventos não têm cunho esportivo, mas sim de evento recreativo, tal como já ocorre há décadas nos países desenvolvidos.

Em todo o mundo desenvolvido, em especial nos países da Europa, as atividades de Track Day não são regulamentadas pelas Confederações Esportivas daqueles países, pois há décadas lá se entende se tratar de eventos recreativos e não desportivos, incluindo o próprio país sede da FIA (a França), que é a entidade mãe da própria CBA, ou seja, por que somente agora a CBA tem um entendimento contrário ao resto do mundo...

Outra determinação sem fundamento é a obrigatoriedade daqueles participantes que usem pneus slicks, ou seja, 80% dos carros, sejam obrigados a usar pneus slicks novos para cada evento, sendo proibidos os pneus usados. Bom, quem criou e avalizou essa regra claramente nunca participou de um evento de Track Day pois do contrário saberia que um jogo de pneus novos, dura, ao menos, 3 ou 4 Track Days.  

Mas não para por aí, nem mesmo na Fórmula 3, que é supervisionada pela CBA, se exigi que os pneus sejam novos! Como exigir isso então para participantes eventos de Track Days...

Sabe-se que o custo de cada jogo de pneu slick gira em torno dos R$5.000,00 no Brasil e isso, somado a afiliação mandatória ilegal só irá acarretar na inviabilização da participação dos frequentadores de Track Day, resultando na morte desta prática recreativa no Brasil, acaso essa regulação sem base legal e inócua, seja, de alguma forma, aplicada.

Em resumo, guardadas as devidas proporções, esta proposição sem fundamento legal seria a mesma coisa se CBF passasse a exigir dos jogos de futebol amadores Brasil a fora, conhecidos como peladas, a cobrança de afiliação anual ($) de jogadores, impusesse a todos seus participantes que todos jogassem de chuteiras novas e exigisse a contratação de juízes e bandeirinhas afiliados as federações estaduais de futebol coligadas a CBF, ou seja, um verdadeiro absurdo!

Por fim vale registrar que essa regulamentação sem fundamento legal ameaça a quem não cumprir com essas regras a multar e até mesmo cassar as licenças CBA dos autódromos. Como o Brasil já não é um país com muitas praças disponíveis, duvidamos que a Confederação casse a licença das poucas praças existentes, pois aí não sobrariam lugares para se realizar os poucos campeonatos nacionais que ainda resistem a atual gestão da Confederação.

Apesar de todo o exposto, o Brasil é conhecido como o país do PODE TUDO e não seria surpresa se a vontade e interesse de poucos preponderasse sobre a maioria, vamos aguardar quais serão as cenas dos próximos capítulos.  

Neste sentido, convidamos a todos os gearheads e frequentadores de Track Days a assistirem e participarem pelo Twitter do Programa Super Motor de hoje à noite no canal Band Sports às 21:30hs, em que será debatido essa tentativa sem base legal da atual gestão da CBA em regular e cobrar taxas extras dos eventos recreativos e particulares de Track Day, sob pena de, se deixarmos esse assunto de lado, ser decretado o fim desta atividade no Brasil.

”As informações contidas nesta mensagem são endereçadas exclusivamente à(s) pessoa(s) acima indicada(s) e contém informações confidenciais e/ou privilegiadas, ou sujeitas à propriedade intelectual e/ou industrial. Qualquer uso, cópia ou divulgação das informações nela contidas, na integra ou parcialmente, podem causar danos ao remetente e a outrem, sendo estritamente proibidas e serão tratadas conforme legislação pertinente, sujeitando-se o destinatário ou detentor à responsabilidade civil e criminal.”

Quem tiver paciência de ler....

Link to post
Share on other sites
G u s t a v o

Gente, boicote só fode o lado fraco da parada que é o Organizador.

Vamos colocar que existam uns 500 praticantes de Trackday no Brasil, então vamos dobrar e colocar MIL praticantes * 150 reais de anuidade, dá 150 mil reais por ano, não preciso dizer que isso é BOSTA pra CBA né.

Link to post
Share on other sites

Gente, boicote só fode o lado fraco da parada que é o Organizador.

Vamos colocar que existam uns 500 praticantes de Trackday no Brasil, então vamos dobrar e colocar MIL praticantes * 150 reais de anuidade, dá 150 mil reais por ano, não preciso dizer que isso é BOSTA pra CBA né.

É mais que 0.

Link to post
Share on other sites

na realidade vai acontecer boicote por parte dos organizadores, porque ninguém vai se adequar a essas regras.

eu na minha opinião acho a CBA a vergonha do automobilismo no Brasil.

Link to post
Share on other sites
scerelhos

aguardando cenas dos proximos capitulos....

Até lá, partiu RUA, por que na garagem que meu carro não vai ficar.

Link to post
Share on other sites

Ou é trackday ou é turismo porra.. A questao da filiação é só para amarrar, mas a dos slicks virou baixaria, manda essa informação pra maior quantidade de midia possivel.

Link to post
Share on other sites

aguardando cenas dos proximos capitulos....

Até lá, partiu RUA, por que na garagem que meu carro não vai ficar.

Meus passeios na serra das araras com a placa tampada serão mais frequentes.....

Link to post
Share on other sites

Gente, boicote só fode o lado fraco da parada que é o Organizador.

Vamos colocar que existam uns 500 praticantes de Trackday no Brasil, então vamos dobrar e colocar MIL praticantes * 150 reais de anuidade, dá 150 mil reais por ano, não preciso dizer que isso é BOSTA pra CBA né.

São 150 mil de graça, pra emitir um papel, fora o "faturamento" dos fiscais de prova, diretores, etc, que esses pelo menos na teoria vão estar lá "trabalhando" no domingo...

Link to post
Share on other sites
Moonstrike

Não se enganem: boicotando só vão foder os organizadores, que não tem nada a ver com a CBA (por exemplo, oktane).

Pior que é verdade. Tem esse problema mesmo, não tinha pensado nisso. Pqp viu... mas fico indignado mesmo porque é mesma coisa que dizer que só pode ir a um teatro ou cinema pessoas que estiverem afiliadas à alguma organização.

Link to post
Share on other sites
sub zero

Materia do FlatOut comentando a regulamentação

http://www.flatout.com.br/track-days-em-perigo-novo-regulamento-imposto-pela-cba-pode-inviabilizar-eventos-no-brasil/

Link to post
Share on other sites
Leo Real

Se existem autódromos não filiados a CBA, eles serão os grandes atrativos de eventos. Os que mais irão faturar, serão os que fizerem os melhores preços para o aluguel da pista.

Link to post
Share on other sites

Assim, ignorantemente, qual a dificuldade de se criar a "Confederação Brasileira de Eventos Automotivos Amadores", e jogar a CBA pra escanteio?

Link to post
Share on other sites

Assim, ignorantemente, qual a dificuldade de se criar a "Confederação Brasileira de Eventos Automotivos Amadores", e jogar a CBA pra escanteio?

''Todo e qualquer evento relacionado ao TRACK DAY ou similar, organizado pela CBA, FAU ou Clube, deverá obrigatoriamente, seguir as presentes Normas.''

Posso ter entendido errado, mas a parte acima esta no inicio do documento da CBA, as regras se aplicam apenas a eventos organizados pela CBA, FAU e Clubes associados a CBA. Será isso? Ou seja, quem organizar e não estiver associado a CBA, as regras não se aplicam.

O bicho pega não é com os organizadores. É com os autódromos, nenhum administrador de autódromo vai querer locar para trackday que não seguir a cartilha da CBA, não vão se arriscar a serem descredenciados e perderem uma stockcar, por exemplo. TALVEZ o Velo Città e Velopark, por serem privados, mas eu duvido.

Edited by LGT
Link to post
Share on other sites
VictorArrabal

Assim, ignorantemente, qual a dificuldade de se criar a "Confederação Brasileira de Eventos Automotivos Amadores", e jogar a CBA pra escanteio?

Falta união entre os organizadores de TDs do Brasil... Além de lobbie, pq certamente a CBA e seus políticos virão na jugular

Link to post
Share on other sites

entendam que o problema não é criar uma liga e sim achar um lugar que presta para correr sem vínculo com a CBA ... Curitiba por exemplo é filiado a FPA, CBA e FIA... Um autódromo que recebe truck, stock e já recebeu WTCC tem que obrigatoriamente estar dentro dos padrões e ser chancelado por estas entidades...

um tempo atrás a Luciana que organizava tracks aqui criou uma liga... não deu outra... a FPA e a CBA chegaram no AIC e disseram que se ela organizasse algo, o autódromo perderia a chancela... no mesmo dia o AIC fez um comunicado que ela tava fora...

Você pode até criar uma liga... mas aonde você vai correr é que será o problema... autódromos que não tem vínculo com a CBA ou estão na mão de uma grande marca ( velo cita ) ou são públicos que não miram automobilismo ( mega space ) ... o resto nunca sobreviveria sem a chancela e o crivo da CBA e seus respectivos braços estaduais... ( federações )

Link to post
Share on other sites

entendam que o problema não é criar uma liga e sim achar um lugar que presta para correr sem vínculo com a CBA ... Curitiba por exemplo é filiado a FPA, CBA e FIA... Um autódromo que recebe truck, stock e já recebeu WTCC tem que obrigatoriamente estar dentro dos padrões e ser chancelado por estas entidades...

um tempo atrás a Luciana que organizava tracks aqui criou uma liga... não deu outra... a FPA e a CBA chegaram no AIC e disseram que se ela organizasse algo, o autódromo perderia a chancela... no mesmo dia o AIC fez um comunicado que ela tava fora...

Você pode até criar uma liga... mas aonde você vai correr é que será o problema... autódromos que não tem vínculo com a CBA ou estão na mão de uma grande marca ( velo cita ) ou são públicos que não miram automobilismo ( mega space ) ... o resto nunca sobreviveria sem a chancela e o crivo da CBA e seus respectivos braços estaduais... ( federações )

Ignorantemente, quem são os donos desses autódromos que "tem medo da CBA", e qual seria a dificuldade de, criada uma confederação amadora, a CBA ser juridicamente proibida de fazer esse tipo de ameaça.

Afinal, não faria o menor sentido a confederação profissional interferir na realização de eventos chancelados por uma confederação amadora legalizada.

Link to post
Share on other sites
EvoAirSuspension

nenhuma.. só atitude mesmo e tempo.. o processo todo demora uns 3 anos..

funciona assim: três grupos distintos independentes (um em cada estado) cada grupo forma uma associação/autoclube, depois tem que pegar cada grupo e montar uma diretoria (em cada autoclube) formada com presidente, tesoureiro e conselho (minumo 4) depois criar uma ata de fundação de cada autoclube, registrar em cartório e abrir CNPJ...

Depois de um ano, cada autoclube passa a ter direitos de incentivos e para ser responsável por eventos relacionados, qdo isso acontecer, os 3 autoclubes podem se reunir, formar uma diretoria e conselho e fundar uma Federação.. É assim que tem que ser feito.

Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Terms of Use.